12 de outubro de 2011

CANÁRIOS DE PORTE DE "A a Z" BOSSU BELGA


País de origem: Bélgica

Tal como o nome deixa subentender o Bossu Belga, proveniente de mutação com o canário comum, é originário da Bélgica tendo surgido entre os séculos XVII e XVII, crê-se, nos arredores de Bruxelas.
Este canário é um canário de posição fazendo lembrar um 7 tanto mais que visto por trás não se consegue vislumbrar a cabeça em virtude do pescoço estar distendido e, sobretudo, porque a corcunda (bossu) não o permite.
O Bossu Belga que chegou a estar quase extinto, pois não é propriamente um “Adónis” entre os seus pares, tem hoje alguns dedicados e bons criadores que têm vindo a consolidar a raça.

Nota: Esta pequena introdução, (não vinculativa) tem como base uma pequena pesquisa feita pela Internet suportada na leitura de vários textos.

Ave do criador italiano Giuseppe Colucci, classificada em 2.º lugar em Reggio Emilia em 2008

O Standard actual do Canário Bossu Belga, aprovado pela C.O.M. é o seguinte:

POSIÇÃO
Em posição de trabalho, a ave projeta o pescoço para a frente e eleva os ombros. Em forma de 7.
A cabeça é invisível vista do dorso.
O dorso forma uma linha reta vertical com a cauda.
A ave inclina-se ligeiramente para trás sobre as patas.
Pontuação: 40.

FORMA GERAL DO CORPO
Peito longo, em forma de cunha triangular, visto de dorso ou de perfil.
Dorso cheio, largo, sem ser muito côncavo nem redondo.
Ombros: largos e altos.
Asas: longas e aderentes ao corpo.
Pontuação: 25.

CABEÇA E PESCOÇO
Cabeça pequena e oval.
Pescoço longo e fino.
Pontuação: 12.

PLUMAGEM
Plumagem brilhante o mais lisa possível.
Pontuação: 8.

TAMANHO
Entre 17 e 18 cm.
O comprimento mede-se da ponta do bico até à extremidade da cauda, seguindo-se a linha do dorso.
Pontuação: 5.

PATAS E COXAS
Patas longas, ligeiramente fletidas, e coxas bem emplumadas e coladas ao corpo.
Pontuação: 5.

CAUDA
Cauda longa, vertical, estreita, bem fechada e em linha reta com o dorso.
Pontuação: 5.

COR
São admitidas todas as cores exceto o vermelho.

Gaiola de exposição: Gaiola de cúpula com um poleiro de 12mm de diâmetro.

4 comentários:

  1. Hi!
    Lovely bird.
    Have a nice day!
    Greetings from sweden
    /Ingemar

    ResponderEliminar
  2. Hi,
    Thank Ingemar, photos and text of your blog are also very interesting!
    Greetings ornithophilous.
    Armindo Tavares

    ResponderEliminar
  3. Gosto mais da raça Portuguesa.
    Já alguma vez criou agapornis? Ofereceram-me um casal e gostaria de saber se fazem criação e em que condições.
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Olá Armindo,

    Este canário pouco é muito estranho, eu não sabia, o seu artigo é muito interessante e seu blog também.

    Salutations ornithophilous , à bientôt ;)

    ResponderEliminar