29 de agosto de 2013

CANÁRIOS DE PORTE DE "A" a "Z" GIBOSO ESPANHOL




País de origem: Espanha

O Giboso Espanhol é um canário frisado integrando o Grupo III dos Frisados Ligeiros com posição especifíca tendo surgido em Espanha por seleção com o Fino Sevilhano (antiga raça espanhola) cruzado com o Melado Tenerifenho durante os anos 80 de século XX.

O pescoço deste canário possui uma vértebra a mais que as outras raças semelhantes como o Gibber e o Frisado do Sul, e estes conseguem um equilíbrio momentâneo esticando a cabeça e o pescoço pouco abaixo da horizontal. O Giboso, face ao pescoço mais comprido, necessita reduzir o ângulo entre o pescoço e o corpo (45º a 60º) para reduzir a tendência a cair para a frente. Como terá surgido a vértebra excedente não se sabe, mas a anomalia foi fixada, associada a outras características que definem a raça.

Com a posição em forma de 1, é um pássaro cujo tamanho, de difícil avaliação, deverá ter 18 cm.

A cabeça é pequena, serpentiforme, com olhos e bico relativamente grandes. O pescoço é longo, fino, emergindo de ombros relativamente estreitos. O peito, como no Gibber, deixa o esterno à mostra.

As canelas, longas, ficam praticamente na perpendicular do poleiro. O corpo afunila dos ombros para a cauda. As asas coladas ao dorso separam-se deste nas extremidades quando o pássaro fica em posição. A cauda, ligeiramente caída em relação ao dorso, aproxima-se do poleiro quando o pássaro fica em posição e muitas vezes serve como um terceiro apoio para que possa equilibrar-se. É uma raça de temperamento nervoso, que se movimenta constantemente.

Nota: Esta pequena introdução, (não vinculativa) tem como base uma pequena pesquisa feita pela Internet suportada na leitura de vários textos nomeadamente do CNJ, CJO e OBJO.

Fotos da autoria do criador espanhol Fernando Zamora
Atualmente o Standard, do Canário Giboso Espanhol, aprovado pela C.O.M., é o seguinte:

POSIÇÃO E FORMA
Em forma de 1.
Em posição, o pescoço e a cabeça devem formar um ângulo de 45º a 60º com o tronco.
Tipo: Permite ver bem e distintamente as partes frisadas e as lisas.
Pontuação: 20.

CABEÇA E PESCOÇO
Cabeça: Pequena, serpentiforme e lisa.
Pescoço: Muito longo, liso e dirigido para baixo.
Pontuação: 20.

TAMANHO
18 cm.
Pontuação: 10.

PATAS E COXAS
Longas e rígidas.
Coxas desplumadas na parte frontal e inclinadas para trás.
Pontuação: 10.

JABOT   
Bem proporcionado com frisados dirigidos do interior de cada lado para o centro de forma a mostrar o esterno inteiramente desnudado.
Abdómen liso.
Pontuação: 10.

ASAS, OMBRO E MANTO
Asas proporcionalmente longas e bem aderentes ao corpo sem se cruzarem.
As pontas das asas destacam-se ligeiramente do corpo.
Os ombros altos com frisados simetricamente repartidos de cada lado de uma linha média, formando um manto que cobre bem o dorso.
Pontuação: 10.

ALETAS
Frisados ligeiros que partem simetricamente de cada lado do corpo para formar dois pequenos flancos.
Pontuação: 5.

CAUDA
Em proporção ao corpo, estreita e dirigida ligeiramente na direção do poleiro, tocando-o suavemente.
Pontuação: 5.

PLUMAGEM
Bem fechada nas partes lisas e dispersa sobre as partes frisadas.
Pontuação: 5.

CONDIÇÃO
Em boas condições de saúde e limpeza
Habituado à gaiola de exposição.
Pontuação: 5.

COR
São admitidas todas as cores.

Gaiola de Cúpula: Com um poleiro de 14 mm de diâmetro.


Sem comentários:

Enviar um comentário