29 de agosto de 2013

CANÁRIOS DE PORTE DE "A" a "Z" GIBOSO ESPANHOL




País de origem: Espanha

O Giboso Espanhol é um canário frisado integrando o Grupo III dos Frisados Ligeiros com posição especifíca tendo surgido em Espanha por seleção com o Fino Sevilhano (antiga raça espanhola) cruzado com o Melado Tenerifenho durante os anos 80 de século XX.

O pescoço deste canário possui uma vértebra a mais que as outras raças semelhantes como o Gibber e o Frisado do Sul, e estes conseguem um equilíbrio momentâneo esticando a cabeça e o pescoço pouco abaixo da horizontal. O Giboso, face ao pescoço mais comprido, necessita reduzir o ângulo entre o pescoço e o corpo (45º a 60º) para reduzir a tendência a cair para a frente. Como terá surgido a vértebra excedente não se sabe, mas a anomalia foi fixada, associada a outras características que definem a raça.

Com a posição em forma de 1, é um pássaro cujo tamanho, de difícil avaliação, deverá ter 18 cm.

A cabeça é pequena, serpentiforme, com olhos e bico relativamente grandes. O pescoço é longo, fino, emergindo de ombros relativamente estreitos. O peito, como no Gibber, deixa o esterno à mostra.

As canelas, longas, ficam praticamente na perpendicular do poleiro. O corpo afunila dos ombros para a cauda. As asas coladas ao dorso separam-se deste nas extremidades quando o pássaro fica em posição. A cauda, ligeiramente caída em relação ao dorso, aproxima-se do poleiro quando o pássaro fica em posição e muitas vezes serve como um terceiro apoio para que possa equilibrar-se. É uma raça de temperamento nervoso, que se movimenta constantemente.

Nota: Esta pequena introdução, (não vinculativa) tem como base uma pequena pesquisa feita pela Internet suportada na leitura de vários textos nomeadamente do CNJ, CJO e OBJO.

Fotos da autoria do criador espanhol Fernando Zamora
Atualmente o Standard, do Canário Giboso Espanhol, aprovado pela C.O.M., é o seguinte:

POSIÇÃO E FORMA
Em forma de 1.
Em posição, o pescoço e a cabeça devem formar um ângulo de 45º a 60º com o tronco.
Tipo: Permite ver bem e distintamente as partes frisadas e as lisas.
Pontuação: 20.

CABEÇA E PESCOÇO
Cabeça: Pequena, serpentiforme e lisa.
Pescoço: Muito longo, liso e dirigido para baixo.
Pontuação: 20.

TAMANHO
18 cm.
Pontuação: 10.

PATAS E COXAS
Longas e rígidas.
Coxas desplumadas na parte frontal e inclinadas para trás.
Pontuação: 10.

JABOT   
Bem proporcionado com frisados dirigidos do interior de cada lado para o centro de forma a mostrar o esterno inteiramente desnudado.
Abdómen liso.
Pontuação: 10.

ASAS, OMBRO E MANTO
Asas proporcionalmente longas e bem aderentes ao corpo sem se cruzarem.
As pontas das asas destacam-se ligeiramente do corpo.
Os ombros altos com frisados simetricamente repartidos de cada lado de uma linha média, formando um manto que cobre bem o dorso.
Pontuação: 10.

ALETAS
Frisados ligeiros que partem simetricamente de cada lado do corpo para formar dois pequenos flancos.
Pontuação: 5.

CAUDA
Em proporção ao corpo, estreita e dirigida ligeiramente na direção do poleiro, tocando-o suavemente.
Pontuação: 5.

PLUMAGEM
Bem fechada nas partes lisas e dispersa sobre as partes frisadas.
Pontuação: 5.

CONDIÇÃO
Em boas condições de saúde e limpeza
Habituado à gaiola de exposição.
Pontuação: 5.

COR
São admitidas todas as cores.

Gaiola de Cúpula: Com um poleiro de 14 mm de diâmetro.


26 de agosto de 2013

CEM, CEM MIL VISITAS! MUITO OBRIGADO.


Foi há poucos minutos que o contador de visitas deste espaço totalizou 100.00 visitantes. Não sou muito de "festejar", os números do contador, aliás creio que é a primeira vez que o faço mas, que diabo, sempre é o número 100.000.

Quando decidi "abrir" este espaço, em atividade desde Janeiro de 2010 (apesar de o ter começado a manusear em Dezembro de 2009), tive sempre como objetivo primeiro ajudar à divulgação do Canário Arlequim Português (que como sabemos foi definitivamente reconhecido internacionalmente como raça em 18 de Janeiro de 2010) e partilhar informação sobre ornitologia em geral.

Ao fim destes três anos e alguns meses, creio que o rumo que projetei continua a ser palmilhado, com mais ou menos regularidade, com a informação possível baseada no conhecimento adquirido e que, também, vou adquirindo. Como em tudo na vida haverá quem goste e quem não goste mas, decididamente, para mim são todos importantes pois é na troca de ideias e opiniões que se progride.

Agradeço a todas as pessoas que vêm visitar este blogue, aos seguidores do blogue e, ainda, àqueles que fazem o favor de o incluir nas suas listas de blogues pois todos contribuíram para que o número de 100.000 visitantes fosse atingido.

Por mim continuarei fiel aos meus princípios divulgando neste espaço informação que considere pertinente para ajudar a divulgar o Canário Arlequim Português, partilhando também os meus passarinhos e, se for caso disso, tecendo considerações sobre outras matérias que considere de interesse ornitológico.

Um grande Bem Haja, para todos.

18 de agosto de 2013

PRIMEIRAS AQUISIÇÕES PARA A PRÓXIMA ÉPOCA


Já há algum tempo que não metia "sangue novo" no meu plantel, fi-lo no ano transato com a aquisição de três fêmeas e vou fazê-lo, novamente, na nova época que se há-de iniciar em 2014.

Diz o povo que: "quem vai para o mar abastece-se em terra" e eu, apesar de ser ainda muito cedo, já me comecei a abastecer para a próxima época tanto mais que, como já referi anteriormente, no próximo ano irei criar com vinte casais.

Apesar destes primeiros seis passarinhos adquiridos, independentemente do seu sexo pois não me preocupei minimamente com isso, não significa que os vá utilizar todos uma vez que a muda da pena ainda está bastante atrasada e não dá ainda para perceber com exatidão que cores sobressaírão. Como sempre tenho um gosto particular pelos passarinhos com predominância melânica, mas isso é de somenos importância pois, o que interessa é saber utilizá-los bem nos acasalamentos com os passarinhos cá de casa.





1 de agosto de 2013

ARLEQUINS 2013


Deixo um "cheirinho" de alguns dos passarinhos que irei dispensar no final da muda, estes estão sensivelmente a meio.
Peço desculpa pela qualidade das fotos mas nunca tive jeito para fotógrafo.